História

Marcada pela ética e espírito criativo, a história da Adeste começa ainda na Europa, com o surgimento da amizade de Anton Kratschmer e Franz Kienast, que futuramente fundariam a primeira empresa do grupo, já no Brasil.

Acompanhe em nossa linha cronológica:

1952 – Os amigos Kratschmer e Kienast se reencontram no Brasil e enxergam a possibilidade de investir no mercado de embutidos, pouco explorado na época. Assim fundaram a Kraki, trazendo para o Brasil as tripas de carneiro para embutir linguiças e  salsichas, além de oferecer soluções personalizadas para os clientes em aditivos para cárneos.

1955 - A união da tecnologia com a necessidade de uma fábrica resulta em mais uma empresa, na cidade de Tatuí, que trabalha na fabricação dos envoltórios naturais a partir da tripa do boi.

1974 - Durante os processos para produzir as tripas na Kraki, pensamos em um novo jeito de utilizar a serosa bovina que era extraída neste processo. Até que um olhar criativo notou a possibilidade de fazer uso desse elemento para novos fins, e assim começou a produção de fios para raquete de tênis, firmando parceria com uma empresa francesa, que já tinha conhecimento neste produto, na cidade de Araçatuba, São Paulo. Porém, em meados dos anos 90, começamos a utilizar essa tecnologia e a serosa para a criação de fios cirúrgicos de sutura, ou catgut, estreando a nossa empresa na indústria da saúde.

1984 - Início de atividades de uma nova fábrica de subprodutos, no site de Jaguapitã, onde utilizamos a mucosa (revestimento interno da tripa) para produzir a Heparina, um anticoagulante usado em procedimentos hospitalares; além disso, produzimos também o sulfato de condroitina, ou CSA, a partir da cartilagem do boi, utilizado em medicamentos para problemas nas articulações.

1986 - Primeiro movimento de diversificação fora da cadeia produtiva da tripa. Surge o site de Campo Grande, com a produção de soro fetal bovino, para a meios de cultura, desenvolvimento de medicamentos e vacinas.

2001 - Nasce a marca Biodog, inicialmente dentro do site de Tatuí, com um olhar de inovação e aproveitamento dos recursos, além de vergalhos, para produção de petiscos gourmet para cachorros. Pouco tempo depois, a Biodog já produzia sua própria fábrica em Botucatu.

2003 - Começamos a trabalhar com a extração de Urucum.

2009 - Formação da holding Adeste. Criação de novas funções corporativas e unificação do modelo de gestão.

2014 - Nossa empresa de extração de Urucum passa a ser Verto, seguindo com o plantio profissional da semente, no site de Cabixi, em Rondônia.

Hoje - dirigido pela 3ª geração das famílias Kratschmer e Kienast, a Adeste segue focada em expansão do negócio, com uma visão incansável e uma criatividade pulsante trabalhando a favor da descoberta de novas maneiras de produzir, superando os padrões já existentes e constantemente indo além dos próprios limites.